Bem-vindo aos nossos mundos!

0 items: R$0,00

Conan em Cores #03 - Na Teia do Deus-Aranha (dezembro de 1988)

Seja o primeiro a avaliar este produto

Disponível: Em estoque

Preço: R$80,00

Preço Promocional: R$68,00

Descrição Rápida

Conanmaníaco... você tem em suas mãos uma edição muito mais que especial... especialíssima! Veja por quê! Quando da escolha do material que iria entrar nesta edição, procuramos selecionar uma história que tivesse um toque especial, que chamasse a atenção do leitor habitual para algo mais do que aquilo que já vínhamos publicando todo mês. Sabíamos da importância da cor, porém, era preciso levar em conta também o argumento e desenho. Resolvemos enfatizar este último de uma maneira como há muito não se via, para fazer deste exemplar uma verdadeira obra de arte. Nas duas primeiras edições, apresentamos histórias argumentadas por Roy Thomas, com arte dos não menores John Buscema, Alfredo Alcala e Tony DeZuñiga, quarteto que vem mostrando seu talento nos últimos meses com a saga Rainha da Costa Negra. Assim foi que decidimos colocar neste número 60 páginas divinamente ilustradas pelo, nada mais nada menos, BARRY WINDSOR-SMITH. Barry nasceu no extremo leste de Londres, em 1949. Cresceu em um bairro de classe operária e logo desenvolveu um interesse muito grande por desenhos, e fascinação por quadrinhos, particularmente os de super-heróis. Em 1968, entrou como turista nos Estados Unidos e, pouco depois, começou seu trabalho na Marvel com um personagem de Robert E. Howard... o bárbaro Conan! Difundida sua arte, Barry Smith fez marcar seu estilo inconfundível. Estilo que, com Conan, foi o mais puro e clássico possível, sempre usando traços suaves e cenários bem trabalhados. Quando Barry deixou a Marvel, por achar que nada mais havia depois de Conan, Buscema utilizou-se de sua técnica convencional, deixando o cimério mais popular. O que fizemos, então, com esta edição anual, foi trazer uma vez mais o belíssimo trabalho de Barry Smith até você. O visual está aí... Boa leitura! - do prefácio da edição.

Mais Imagens

Detalhes

Conanmaníaco... você tem em suas mãos uma edição muito mais que especial... especialíssima! Veja por quê! Quando da escolha do material que iria entrar nesta edição, procuramos selecionar uma história que tivesse um toque especial, que chamasse a atenção do leitor habitual para algo mais do que aquilo que já vínhamos publicando todo mês. Sabíamos da importância da cor, porém, era preciso levar em conta também o argumento e desenho. Resolvemos enfatizar este último de uma maneira como há muito não se via, para fazer deste exemplar uma verdadeira obra de arte. Nas duas primeiras edições, apresentamos histórias argumentadas por Roy Thomas, com arte dos não menores John Buscema, Alfredo Alcala e Tony DeZuñiga, quarteto que vem mostrando seu talento nos últimos meses com a saga Rainha da Costa Negra. Assim foi que decidimos colocar neste número 60 páginas divinamente ilustradas pelo, nada mais nada menos, BARRY WINDSOR-SMITH. Barry nasceu no extremo leste de Londres, em 1949. Cresceu em um bairro de classe operária e logo desenvolveu um interesse muito grande por desenhos, e fascinação por quadrinhos, particularmente os de super-heróis. Em 1968, entrou como turista nos Estados Unidos e, pouco depois, começou seu trabalho na Marvel com um personagem de Robert E. Howard... o bárbaro Conan! Difundida sua arte, Barry Smith fez marcar seu estilo inconfundível. Estilo que, com Conan, foi o mais puro e clássico possível, sempre usando traços suaves e cenários bem trabalhados. Quando Barry deixou a Marvel, por achar que nada mais havia depois de Conan, Buscema utilizou-se de sua técnica convencional, deixando o cimério mais popular. O que fizemos, então, com esta edição anual, foi trazer uma vez mais o belíssimo trabalho de Barry Smith até você. O visual está aí... Boa leitura! - do prefácio da edição.

Informação Adicional

Autor Roy Thomas & Barry Windsor-Smith
Editora Abril - Novidade
Paginas 68 páginas
Estado de Conservação Seminovo - material com 28 anos de conservação

Facebook Reviews