Bem-vindo aos nossos mundos!

0 items: R$0,00

Álbuns Disney #05 - Tio Patinhas - Em Busca do Ouro (fevereiro de 1991)

Seja o primeiro a avaliar este produto

Disponível: Em estoque

Preço: R$60,00

Preço Promocional: R$51,00

Descrição Rápida

Foi extremamente conveniente que Carl Barks - rude, autodidata e trabalhador incansável - se atirasse a produzir historias sobre o Klondike, uma das últimas fronteiras não totalmente civilizadas da América. "Em Busca do Ouro" foi a primeira das aventuras do Tio Patinhas sobre a corrida do ouro. Foi escrita em 1952, época em que Barks estava trabalhando na personalidade do Tio Patinhas, buscando dar-lhe mais consistência além de seus ancestrais escoceses. Patinhas começou sua carreira em 1947, uma versão Disney do personagem Scrooge, de Charles Dickens. Ao longo dos anos, Tio Patinhas adquiriu charme, coragem e humor: "Eu nunca imaginei o Patinhas como esses milionários que a gente vê ao nosso redor, que fizeram fortuna através da exploração de outras pessoas" - disse Barks. "Eu propositadamente tentei fazer com que ele tivesse adquirido a maior parte de sua fortuna no passado, naqueles dias em que você podia escavar nas colinas e encontrar riquezas." Ao mesmo tempo, Barks modelou seu herói como um sujeito duro, um magnata do tipo Rockefeller: "Todos esses caras fizeram suas fortunas com estradas de ferro ou minas de ouro, eliminando os competidores, não utilizando luvas de pelica..." Barks comentou, certa vez, que algumas de suas melhores histórias nasceram em períodos de profunda depressão, e "Em Busca do Ouro" não é exceção. Em 1952, ele estava às voltas com um divórcio turbulento. Essa tensão aparece claramente no conflito entre Patinhas e sua antiga namorada, Dora Cintilante. É a arte imitando a vida, mais uma vez.

Mais Imagens

Detalhes

Foi extremamente conveniente que Carl Barks - rude, autodidata e trabalhador incansável - se atirasse a produzir historias sobre o Klondike, uma das últimas fronteiras não totalmente civilizadas da América. "Em Busca do Ouro" foi a primeira das aventuras do Tio Patinhas sobre a corrida do ouro. Foi escrita em 1952, época em que Barks estava trabalhando na personalidade do Tio Patinhas, buscando dar-lhe mais consistência além de seus ancestrais escoceses. Patinhas começou sua carreira em 1947, uma versão Disney do personagem Scrooge, de Charles Dickens. Ao longo dos anos, Tio Patinhas adquiriu charme, coragem e humor: "Eu nunca imaginei o Patinhas como esses milionários que a gente vê ao nosso redor, que fizeram fortuna através da exploração de outras pessoas" - disse Barks. "Eu propositadamente tentei fazer com que ele tivesse adquirido a maior parte de sua fortuna no passado, naqueles dias em que você podia escavar nas colinas e encontrar riquezas." Ao mesmo tempo, Barks modelou seu herói como um sujeito duro, um magnata do tipo Rockefeller: "Todos esses caras fizeram suas fortunas com estradas de ferro ou minas de ouro, eliminando os competidores, não utilizando luvas de pelica..." Barks comentou, certa vez, que algumas de suas melhores histórias nasceram em períodos de profunda depressão, e "Em Busca do Ouro" não é exceção. Em 1952, ele estava às voltas com um divórcio turbulento. Essa tensão aparece claramente no conflito entre Patinhas e sua antiga namorada, Dora Cintilante. É a arte imitando a vida, mais uma vez.

Informação Adicional

Autor Carl Barks
Editora Abril - Novidade
Paginas 52 páginas
Estado de Conservação Seminovo - material com 25 anos de conservação

Facebook Reviews