Bem-vindo aos nossos mundos!

0 items: R$0,00

Quadrinhofilia

Seja o primeiro a avaliar este produto

Disponível: Em estoque

Preço: R$29,90

Preço Promocional: R$14,95

Descrição Rápida

O livro reúne 14 histórias onde o autor passeia por diversos gêneros e estilos de traço, experimentando técnicas e explorando as possibilidades da linguagem dos quadrinhos. Do humor, passando pelo terror, aventura, ficção científica e até pelo erótico.

Mais Imagens

Detalhes

"Mais do que histórias em quadrinhos"

"A obra revela um artista com pleno domínio do que faz, o que permite diálogos mais ousados com a experimentação e o surreal. A sensação que se tem ao fim da leitura é que Aguiar escondia um lado artístico esteticamente criativo, desconhecido de boa parte do público de quadrinhos. É esse lado que vem à tona nesta obra”.
- Paulo Ramos, jornalista, doutor em Letras pela Universidade de São Paulo e responsável pelo Blog dos Quadrinhos, em seu prefácio.

Premiado e publicado no Brasil e no exterior, o artista José Aguiar retorna da Europa, onde participou do prestigiado Festival Internacional de Quadrinhos de Angoulême, na França, e lança seu primeiro trabalho de 2008 pela HQM Editora: Quadrinhofilia.

O livro reúne 14 histórias onde o autor passeia por diversos gêneros e estilos de traço, experimentando técnicas e explorando as possibilidades da linguagem dos quadrinhos. Do humor, passando pelo terror, aventura, ficção científica e até pelo erótico. São HQs selecionadas de sua produção autoral nos últimos 10 anos. O livro é um apanhado da carreira de Aguiar, reunindo histórias já publicadas com outras inéditas, produzidas especialmente para esta edição.

Segundo o próprio autor: “Boa parte das histórias que compõem este livro nunca foram publicadas. Quando muito, foram vistas na Internet. Cada HQ aqui tem sua história e relevância dentro da minha própria. Elas não foram agrupadas em ordem cronológica, mas seguindo critérios mais subjetivos para que o todo do livro fosse o mais interessante possível. A linha editorial reside no fato de que busquei utilizar as minhas HQs favoritas e mais relevantes, dentre toda a minha produção de histórias curtas... Não há um só estilo ou proposta. Só a busca de uma boa história é o que une esse material todo num conjunto batizado de Quadrinhofilia.”

Mas o que vem a ser uma QUADRINHOFILIA? Essa palavra é um neologismo todo próprio, que o autor criou quando decidiu revirar suas idéias sobre quadrinhos na coluna que escreveu no site de cultura pop Omelete: “O sufixo ”filia", confesso que tirei da palavra necrofilia: aquela que define você sabe o quê... Mas antes que faça mau juízo de mim, que fique claro que minha intenção na coluna era revirar minha coleção de quadrinhos mortos e enterrados em busca de elucubrações interessantes. O mesmo nome emprestei a uma exposição onde fiz um balanço de minha carreira, realizada em 2006 em Curitiba. Para minha surpresa ela foi indicada ao Troféu HQ Mix de melhor exposição daquele ano. Não levei o prêmio, mas daí me veio a convicção de que este era mesmo o nome do meu livro. “

As histórias que fazem Quadrinhofilia:

- Absoluto:
 Uma viagem muda por uma sopa de letrinhas rumo ao absoluto;


- Baile de Salão: Uma homenagem aos antigos bailes de carnaval e aos compositores de marchinhas;

- Genealogia do Mal: Uma lenda urbana, com roteiro de Abs Moraes e colaboração de Jairo Rodrigues;

- No fim, tudo é bem simples...: Uma HQ muda onde o título diz tudo;

- Catarrinho de Amor:
 Um dia típico no cartório de registros;


- O Gabinete do Dr. Caligari: Adaptação do clássico filme expressionista alemão de 1919, com texto de Gian Danton;

- Entropia:
 Um conto de ficção científica;


- Invasão: Ficção, terror e clichês numa cidadezinha qualquer;

- O triste fim de João e Maria: Um conto de fadas sob um olhar moderno, adaptado de um conto de Sabrina Lopes;

- O último milênio meu: Deus fazendo um balanço dos últimos mil anos;

- Noite...: Uma história erótica e hermética, premiada em Portugal;

- Quadrinhos em outras bandas (desenhadas)!:
 Um relato semibiográfico da primeira viagem de Aguiar à Europa e seu contato com os quadrinhos de lá;


- Pirata:
 Uma homenagem ao personagem italiano Dylan Dog;


- Poréns da vida herdada dos outros: Uma história autobiográfica narrada por ícones.

Confira um preview de algumas das histórias que integram o livro no site pessoal do autor:www.joseaguiar.com.br.

Sobre o Autor:

José Aguiar é formado em Artes Plásticas pela FAP (Faculdade de Artes do Paraná) e é professor de História em Quadrinhos na Gibiteca de Curitiba, tendo ministrado palestras e oficinas sobre o assunto pelo país. Publicou artigos sobre HQ, TV e cinema no jornal Folha de São Paulo e também no site Omelete. Atua como ilustrador publicitário e editorial e também para teatro, onde desenvolveu o projeto gráfico e as ilustrações do personagem Artie, do premiado espetáculoGraphic, da companhia Vigor Mortis.

Iniciou profissionalmente com tiras em jornais de Curitiba. Suas principais são Folheteen ePensão João. Criou também aventuras para o Gralha, super-herói inspirado no folclore de sua região, publicado no jornal Gazeta do Povo e criado em parceria com outros autores. Material vencedor do Troféu HQMix em 2001 e adaptado para o teatro e cinema em dois curtas-metragens.

Publicou em diversas revistas nacionais, como Metal Pesado, Front, Canalha, Omelete, Wizard Brasil, Zé Pereira e no site Nona Arte, de André Diniz, para quem ilustrou A Guerra de Canudos, pela Escala Educacional.

Ilustrou capas em Portugal (Sketchbook e C.A.O.S.) onde foi o segundo colocado no concursoJovens Talentos BD, realizado em 2006. Na Espanha participou da coletânea e mostra de novos talentos brasileiros Consecuências. Na França, participou da coletânea Flying Doctors - Un Jour de Mai e ilustrou dois álbuns da série de aventura Ernie Adams, todos publicados pela Éditions Paquet.

Em 2005 venceu o I Concurso Internacional de Quadrinhos do SENAC-SP, prêmio que lhe rendeu a publicação de Folheteen pela editora Devir em 2007.

Atualmente o artista trabalha no livro que reunirá os trabalhos da exposição Reisetagebuch - Uma Viagem Ilustrada pela Alemanha, com ilustrações sobre o período em que residiu na Europa, além de trabalhar nos álbuns Pensão João e no novo Folheteen.

Sua exposição Quadrinhofilia, realizada no Solar do Barão, em Curitiba, foi indicada ao Troféu HQMix na categoria de melhor exposição de 2006.


Roteiro: José Aguiar, Abs Moraes e Gian Danton
Arte: José Aguiar
Introdução: Paulo Ramos
96 páginas

Informação Adicional

Autor Sem Informação Disponível
Editora Sem Informação Disponível
Paginas Sem Informação Disponível
Estado de Conservação Bom

Facebook Reviews